segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Não dependo de ninguém pra ser feliz. Sou completa. Não nasci colada em ninguém, não nasci pra deixar minha felicidade nas mãos de terceiros. Se quero ser feliz? Sem dúvidas, mas isso só depende de mim. E as pessoas? São importantes, claro. Mas se um dia elas forem, ainda colocarei o mesmo sorriso no rosto. A felicidade é minha, logo, sou a mais responsável em ir atrás dela. *--*
Somos seres sociais. Felizes para compartilhar a alegria com as pessoas que estamos em sintonia. FOCO NO ANO NOVO! :D QUE 2013 VENHA COM FORÇA!

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

;) PASSADO E FUTURO SAO MOVIMENTOS MENTAIS

"Passado e futuro são movimentos mentais. Planejar o futuro não pode ocultar em sua mente o VIVER no presente, o momento que passa. Ai entendemos que perder tempo significa não usufruir o momento que passa, não importa o que estivermos fazendo ou deixando de fazer. Relaxe e desenvolva a arte de parar e aguardar os resultados; pequenas paradas para observar e curtir o seu tempo, estando presente. Curta o que estiver fazendo, seja lá o que for; curta os amigos as pessoas que ama, estando verdadeiramente presente e não apenas junto. É esta atitude que te fortalecerá. Estar junto de alguém sem estar presente é viver a solidão a dois. Curta o seu trabalho, persevere, pois o Cosmo é magnético e precisamos estar em movimento, obtendo o mérito necessário, para que tudo se ligue no que estiver dizendo a nossa mente. Por isso, só a ocupe com as soluções (!!) na certeza que o Universo te escuta e seus desejos, necessidades, ideias e ideais estarão sendo plasmados e você obterá toda resposta do que esteja em sua mente. Observe sempre que quase tudo que nos aborrece não tem a menor importância. " Mas lembre-se: O Universo é magnético! Estamos todos interligados no plano físico pela lei da açao e reaçao. Por isso devemos ter tanto cuidado com o nosso livre arbítrio, pois nem Deus pode nos proteger das consequências dos nossos atos. Como um pai que nao tem como proteger o bebê que engatinha e mama um vidro de cola branca achando que é leite enquanto sua mae se vira por um minuto para aquecer a mamadeira.... Um minuto e .... já viu né... Por isso, ORAI E VIGIAI... A vida nao é um recreio onde vivemos em busca de novas sensaçoes e amizades. Nao vamos confundir amor com luxúria, amizade com amor, paixao com virtude...
Como eu sempre digo, nao viemos ao mundo `a passeio nem `a trabalho, viemos em MISSAO. Missao única para qualquer um: a reforma íntima, perdoar a quem tivermos ofendido enquanto estamos aqui na Terra. Do que adianta virar a página e escrever uma nova história se deixamos para trás mágoas e erros que virao conosco no momento presente? Carregamos no presente os fardos do passado e o que Jesus quer de nós é a reconciliaçao e a reconstruçao. Ele nao quer que abandonemos o barco. Reconstruir nao é apagar o que foi escrito antes e escrever nova história. As pessoas confundem muito isso tudo, viram a pagina, jogam fora o livro antigo. Isso nao é o que Deus quer de nós, embora muitos façam isso.
;) SER UM. OBJETIVO DE TODAS AS BUSCAS. Enquanto não superarmos a ânsia do amor sem limites, não podemos crescer emocionalmente. Enquanto não atravessarmos a dor de nossa própria solidão, continuaremos a nos buscar em outras metades. Para viver a dois, antes, é necessário ser um. Fernando Pessoa E ADIVINHA! O PROBLEMA NÃO ERA A, B OU C.... ÉRAMOS NOS MESMOS... E NOSSA INCOMPLETUDE! FOCO NA MISSÃO QUE JESUS NOS CONFIOU. ;)

sábado, 9 de junho de 2012

A amizade é o ponto de partida para o entendimento. Perdemos alguém somente quando deixamos de cultivar a amizade e a substituimos por cobranças infundadas. Ninguém tem o direito de cobrar nada de ninguém, exceto de si mesmo, para evoluir como ser humano, pois esta é a meta que todos devem ter em mente. Cada um deve cuidar de si, por amor a si mesmo, e assim, cuidando de si mesmo, aí sim terá algo a compartilhar de bom com os amigos, que devem ser muitos, e de alguma dessas amizades com o sexo oposto, podemos escolher com quem compartilhar a vida inteira, e isso dependerá do livre arbítrio, que sempre focará nas afinidades, nas crenças, nos planos de futuro, e lógicamente na sinceridade das emoções, na paixão, na atração, no respeito e mais que tudo, no amor. O amor sempre vence, mesmo que se afaste por um tempo, ou por vidas, mas o amor sempre vence. O amor é o único sentimento que importa. O amor é o ponto de partida e o ponto final que antecede qualquer reticência...

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Livros são infinitos em número, e o tempo é curto.


O segredo do conhecimento consiste em selecionar o que é essencial.

Absorva a essência e tente moldar com ela a sua vida.

- Vivekananda

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Páscoa

Os melhores Imagens da pascoa:
www.MiniRecados.com/imagens_da_pascoa/


domingo, 1 de abril de 2012

Oração da Manhã ♥ Senhor, no silêncio deste dia que amanhece, venho pedir-Te a Paz, a Sabedoria, a Força. Quero olhar hoje o mundo com olhos cheios de Amor. Ser paciente, compreensivo, manso e prudente, ver além das aparências teus filhos como Tu mesmo os vês, e assim, não ver, senão o bem em cada um. Cerra meus ouvidos a toda calúnia. Guarda minha língua de toda maldade. Que eu seja tão bondoso e alegre que todos quantos se achegarem a mim, sintam a Tua presença. Reveste-me de Tua beleza, Senhor, e que no decurso deste dia, eu Te revele a todos. E que assim seja, sempre...

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Quer ouvir uma verdade? Tem coisa que machuca a gente de um jeito intenso e que, ao invés de melhorar, faz arder e queimar, deixando em carne viva. Uma das coisas mais importantes para mim é enxergar o outro. Antecipar as necessidades, talvez. Seja com um carinho, um beijo, uma palavra, uma atitude, um abraço, um silêncio, um grito. Até mesmo um berro é importante, tirar de dentro o que corrói os sentimentos, se expor, demonstrar, fazer. O tempo passa, as coisas vão se ajeitando, tudo vai sendo esquecido e o egoísmo impera. Não sou a toda poderosa, também sou egoísta. Mas procuro, até demais, olhar para quem está ao meu lado e tentar entender o que acontece dentro da pessoa. Profunda? Sim, muito. É tanta profundidade que cansa, me cansa, te cansa, cansa o universo. No meio disso, tento ser mais rasa, mas descubro que sentimento tem que ser profundo, senão não sobrevive.


Seria um erro esperar mais? Mais compreensão, mais doação, mais paciência, mais cuidado com o que sai da boca, mais emoção, mais verdade e menos palavras soltas e fogo de palha. Era para ser tão simples, afinal, a vida não é difícil como dizem nos livros. O ser humano não é tão complexo quanto alguém inventou um dia. Somos bichos, não somos? Agimos por instinto, fico me perguntando: será que é uma pena termos sentimentos? Porque somos julgados a toda hora por isso, por sentir. Por ser. Por amar. Não sei se eu sei amar direito. Talvez não saiba, mas existe uma forma certa, um jeito certo de amar? Talvez fosse melhor não ser tão inteira. Mas eu seria eu? Talvez, talvez eu fosse um eu-sem-sentimentos. Tudo se resolveria, estaria aí a grande chave para a felicidade? Não ter sentimentos, apenas deitar nos embalos divertidos da vida, sem responsabilidades, sem prestar contas com a consciência, sem nada de nada: apenas diversão, sorrisos, alegria. O que me faz bem permanece comigo, o que é ruim eu tento sufocar e se não der, babaus, jogo no lata de lixo mais próxima. Fim.


Quer me magoar? Diga que não sabe, adie, esqueça, diga que não tem certeza. Eu descobri: palavra para mim é coisa quase sagrada. Não que eu seja santa e imaculada, não que você seja sujo e imprestável. Mas procuro pensar bem antes de machucar. Prefiro ter conversas sérias olhando no olho. Prefiro entender que se algo é importante para você, vamos resolver, vamos falar sobre isso. As coisas não se resolvem pegando só o lado bom. A vida não é uma garrafa de Coca-Cola ("viva o lado bom da vida"). A vida, muitas vezes, é uma garrafa de uísque bem xexelento.


Tem gente que confunde as coisas. Não sou uma boneca, a gente não vai brincar o tempo inteiro, não posso ir para o quartinho de brinquedos, não pode me guardar no armário, não dá para me colocar na estante e pegar quando quiser. Eu também confundo as coisas. Ninguém sente igual a mim, ninguém gosta de tudo muito claro e transparente, às vezes as pessoas só querem viver. Sem porquês. E eu penso: por que questiono tanto? Não seria mais fácil ficar quieta e nadar de acordo com as ondas? Pode ser. Mas não consigo prender a respiração por muito tempo.


Escrito por Clarissa Correa


O sofrimento é um professor. Professor sábio e convincente. É de grande valor quando dele se tira o proveito do amadurecimento pessoal, da busca da paz, da serenidade e da harmonia com todas as pessoas a nossa volta.
Pensando nisso após 2011 findar,  vi que foi um ano que nem vi passar, pois desde os primeiros dias de janeiro, meus pensamentos foram em função de coisas que vieram como tempestades.  Não havia porque disfarçar ou dissimular um estado de tristeza e de desolação.
E o tempo, senhor da razão e da vida, vai dando o toque de que é preciso continuar a viver, que a vida nunca mais será a mesma, mas que pode ser diferente e boa, por que não...?
E assim, recentemente num cair da tarde, pela primeira vez no ano, depois de ter ficado no facebook o dia inteiro, tomado um sorvete com minha filha e ter assistido na televisão um desenho que já havia assistido com ela antes, senti uma grande sensação de bem-estar, o coração leve, uma saudade presente, mas que me acalentava. Era como se a presença do meu passado me ninasse como em tempos de menina, e a certeza de que tudo é o que tem que ser tomou conta do meu ser.
Foi tão forte essa sensação que eu acreditei com toda fé que nenhuma folha de uma árvore cai sem que seja a vontade de Deus....
Agora estou naquela fase da vida descrita pelo compositor Renato Teixeira e cantada por tantas vozes, que transcrevo porque não encontrei nada que fosse mais verdadeiro para explicar como me sinto:
TOCANDO EM FRENTE
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Eu nada sei
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor prá poder pulsar
É preciso paz prá poder seguir
É preciso chuva para florir.
Sinto que seguir a vida seja simplesmente
Conhecer a marcha, ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou...
Todo mundo ama um dia todo mundo chora
Um dia a gente chega e no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua própria história
E cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz.
E graças ao amor, sinto que renovei a capacidade de ser feliz. Hoje, muito mais forte, sabendo apenas que um dia a gente chega e no outro vai embora. Do mais, nada sei. Sou uma aprendiz da arte de viver... ( SAVOIR-VIVRE...)

Fases da vida

Fases, idades, pessoas, momentos
Assim é feita a vida
Cada fase uma idade e em cada idade várias fases
Idade que vai e não volta, mas que lindas todas elas...

Pessoas que entram e saem
Pessoas especiais
Pessoas
 amigas, que nos ensinam, que nos amam
Pessoas que dividem sua essência, suas dores
Dividem momentos, alegrias, prazeres
Pessoas que não compartilham também entram em nossas vidas

Pessoas diferentes cruzam nosso caminho
Mas ainda assim nos ensinam
Pessoas são sempre pessoas
Próprias, únicas
Que nos proporcionam momentos únicos também
Momentos intensos que também não voltam mais

Momentos bons, momentos ruins, mas sempre momentos
Momentos de alegrias, de dor
Mas em cada momento um cheiro, um gosto
E na lembrança trago todos eles
E todas as pessoas, todas as fases
Que me deram momentos que jamais esquecerei
Momentos que em cada idade viveria diferente
Mas em todas elas simplesmente vivi
E como sou grata a vida
E como sou grata a tudo o que passei
E como sou grata a Deus
Por cada momento
Por cada sorriso, cada lágrima, cada pessoa.

domingo, 15 de janeiro de 2012


Resumidamente, o monge após a palestra nos deu um dever de casa: manter a sementinha das idéias que ele plantou em nossos corações regada durante todo o nosso novo ano de 2012!



"Por mais que na batalha se vença um ou mais inimigos, a vitória sobre si mesmo é a maior de todas as vitórias.”. - Buda Sakyamuni





As idéias básicas foram que não adianta nos queixarmos, não importa qual o tamanho ou a gravidade dos nossos problemas, temos que assumir que fomos nós que os atraímos para nossas realidades individuais, por falta de SABEDORIA...

Para consertar os estragos que causamos às nossas próprias existências alguns caminhos, todos focados na modificação interior. Não adianta efetuar modificações externas ou verbalizar soluções, é a mudança interior que trás a prática das ações corretas e pensamentos corretos.

Devemos praticar as 4 nobres verdades: Em termos resumidos, estas nobres verdades referem-se ao sofrimento (dukkha), sua natureza, sua origem, sua cessação e o caminho que conduz a essa cessação. Os budistas crêem que as Quatro Nobres Verdades estão entre as diversas experiências que Sidarta Gautama realizou durante sua tentativa de iluminação.As Quatro Nobres Verdades são a conclusão de seu entendimento sobre a natureza do sofrimento,  sobre a causa fundamental de todo o sofrimento, da fuga do sofrimento e que o esforço de uma pessoa pode fazê-la alcançar a felicidade.

1- A nobre verdade do sofrimento.




2- A nobre verdade da causa do sofrimento.



3- A nobre verdade da extinção da causa do sofrimento.



4- A nobre verdade da senda que leva à extinção do sofrimento.




Só que não adianta achar que vamos conseguir seguir o caminho óctuplo se ainda não estamos preparados para ele, precisamos sim, através da prática da meditação diária, nos modificarmos interiormente para depois seguirmos o caminho óctuplo.

Enquanto não atingimos esse grau de meditação transmutacional, vamos em 2012 engatinhar nas práticas, nos mantras e nos rituais, aprimorando a fé e a nossa conexão com o divino.

Na prática, vamos desenvolver bom senso e sabedoria.

Senso de vergonha e de cooperação. Vamos  nos envergonhar como diz o ditado popular e consertar nossos erros com humildade, tomar vergonha na cara e agir de forma correta, ética, cumprir com nossos deveres sociais e pessoais. Enfim, essa tomada básica de consciência é o primeiro passo para a modificação interior, é a mudança de comportamento nem que seja nas coisas mínimas do dia a dia, em casa ou no trabalho ou no grupo social com os amigos e familiares.

Eis o dever de casa: Desenvolver senso de vergonha e senso de cooperação. Fazer o que nos cabe.

Parece simples, mas sabemos que não é. Temos vários inimigos interiores nos sabotando. Para vencê-los, Buda ensinou que a meditação é o caminho para a iluminação e para nos libertar-mos do SAMSARA um dia....

É isso! Boa sorte aos praticantes !!! rsrsrs :D

NAMASTÊ