sexta-feira, 26 de agosto de 2011

SENTIR-SE AMADO


O cara diz que te ama, então tá. Ele te ama.

Sua mulher diz que te ama, então assunto encerrado.

Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas. Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se.

A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e verbalização, apesar de não sonharmos com outra coisa: se o cara beija, transa e diz que me ama, tenha a santa paciência, vou querer que ele faça pacto de sangue também?

Pactos. Acho que é isso. Não de sangue nem de nada que se possa ver e tocar. É um pacto silencioso que tem a força de manter as coisas enraizadas, um pacto de eternidade, mesmo que o destino um dia venha a dividir o caminho dos dois.

Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. "Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer um cálice de vinho".

Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d´água. "Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. Vem aqui, tira este sapato."

Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido. Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.

Agora sente-se e escute: eu te amo não diz tudo.

Martha Medeiros.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

TUDO O QUE UMA MULHER DEVE SABER SOBRE SEU AMADO

Eu sempre comento, seja em roda de amigas ou no trabalho que dizem as más línguas que todo homem é um canalha em potencial. E as mulheres caem malhando os homens mesmo! Assustador!
Aí tento dar uma melhorada, limpar a barra dos homens, dizer que meu amado não é canalha, que exitem exceções .... explicar que não disse que todo homem É um canalha, e sim que tem uma tendência forte que está em seu âmago pelo que todos dizem por aí,e que é inerente a todos os homens. Digo que há um grau de canalhice que pode ser alto ou baixo, que depende da pessoa.

O texto abaixo recebi por e-mail e dizem que é do Arnaldo Jabor, mas estive lendo por aí que existem muitos textos piratas que são atribuídos errôneamente a ele, tanto é que tive que corrigir alguns erros de português, mas deve ter mais.

Independente se é do Jabor ou não, o texto em si mostra claramente o que SUPOSTAMENTE vai na cabeça de um homem, mostrando claramente suas diferenças em relação a mulher....

Eu não poderia ter escrito ISSO.

Muitas das situações descritas pude OBSERVAR.

INDEPENDENTE DE CONCORDAREM OU GOSTAREM....

Boa leitura:

Traição Masculina

"Foi lendo um monte de besteiras que as mulheres escrevem em livros sobre o 'universo masculino', que resolvi escrever esse texto.
Não tenho objetivo de 'revelar' os segredos dos homens, mas amigos, me desculpem. Não se trata de quebrar nosso código de ética.
Isso vai ajudar as mulheres a entenEu sempre omento que derem os homens e, enfim, pararem de tentar nos mudar com métodos ineficazes.
Vou começar de sola. Se não estiver preparada nem continue a ler.E digo com segurança: o que escrevo aqui se aplica a 99,9% dos homens brasileiros (sem medo de errar).


Não existe homem fiel.
Você já pode ter ouvido isso algumas vezes, mas afirmo com propriedade. Não é desabafo.
É palavra de homem que conhece muitos homens e que conhecem, por sua vez, muitos homens...
Nenhum homem é fiel, mas pode estar fiel (ou porque está apaixonado,(algo que não dura muito tempo - no máximo alguns meses - nem se iluda)ou porque está cercado por todos os lados (veremos adiante que não adianta cercá-lo. Isso vai se voltar contra você).
A única exceção é o crente extremamente convicto.
Se você quer um homem que seja fiel, procure um crente daqueles bitolados, mas agüente as outras conseqüências.


Não desanime.Nem chore (muito) por causa disso.
O homem é capaz de te trair e de te amar ao mesmo tempo.
A traição do homem é hormonal, efêmera, para satisfazer a lascívia. Não é como a da mulher.
Mulher tem que admirar para trair; ter algum envolvimento.
O homem só precisa de uma bunda.
A mulher precisa de um motivo para trair, o homem precisa de uma mulher.


Não fique desencantada com a vida por isso.
A traição tem seu lado positivo. Até digo, é um mal necessário.
O cara que fica cercado, sem trair, é infeliz no casamento, seu desempenho sexual diminui (isso mesmo, o desempenho com a esposa diminui), ele fica mal da cabeça.
Entenda de uma vez por todas: homens e mulheres são diferentes.
Se quiser alguém que pense como você, vire lésbica (várias já fizeram isso e deu certo), ou case com um viado enrustido que precisa de uma mulher para se enquadrar no modelo social.
Todo ser humano busca a felicidade, a realização. E a realização nada mais é do que a sensação de prazer (isso é química, tá tudo no cérebro).
A mulher se realiza satisfazendo o desejo maternal, com a segurança de ter uma família estruturada e saudável, com um bom homem ao lado que a proteja e lhe dê carinho.
O homem é mais voltado para a profissão e para a realização pessoal e a realização pessoal dele vêm de diversas formas: pode vir com o sentimento de paternidade, com uma família estruturada, etc, mas nunca vai vir se não puder ter acesso a outras fêmeas e se não puder ter relativo sucesso na profissão.
Se vc cercar seu homem (tipo, mulher que é sócia do marido na empresa, o cara não dá um passo no dia-a-dia sem ela) você vai sufocá-lo de tal forma que ele pode até não ter espaço para lhe trair, mas ou seu casamento vai durar pouco, ele vai ser gordo (vai buscar a fuga na comida) e vai ser pobre (por que não vai ter a cabeça tranqüila para se desenvolver profissionalmente. (Vai ser um cara sem ambição e sem futuro).


Não tente mudar para seu homem ser fiel. Não adianta!
Silicone, curso de dança sensual, se vestir de enfermeira, etc... Nada disso vai adiantar. É lógico que quanto mais largada você for, menor a vontade do homem de
ficar com vc e maior as chances do divórcio.
Se ser perfeita adiantasse, Julia Roberts não tinha casado três vezes. Até Gisele Bunchen foi largada por Di Caprio, não é vc que vai ser diferente (mas é bom não desanimar e sempre dar aquela malhadinha).
O segredo é dar espaço para o homem viajar nos seus desejos (na maioria das vezes, quando ele não está sufocado pela mulher ele nem chega a trair, fica só nas paqueras, troca de olhares).
Finja que não sabe que ele dá umas pegadas por fora. Isso é o segredo para um bom casamento. Deixe ele se distrair, todos precisam de lazer.


Se você busca o homem perfeito, pode continuar vendo novela das seis.
Eles não existem nesse conceito que você imagina. Os homens perfeitos de hoje são aqueles bem desenvolvidos profissionalmente, que traem esporadicamente (uma vez a cada dois meses, por exemplo), mas que respeitam a mulher, ou seja, não gastam o dinheiro da família com amantes, não constituem outra família, não traem muitas vezes, não mantêm relações várias vezes com a mesma mulher (para não criar vínculos) e, sobretudo, são muuuuuito discretos: não deixam a esposa (e nem ninguém da sua relação, como amigas, familiares, etc saberem).
Só, e somente só, um amigo ou outro DELE deve saber, faz parte do prazer do homem contar vantagem sexual. Pegar e não falar para os amigos é pior do que não pegar. As traições do homem perfeito geralmente são numa escapulida numa boate, ou com uma garota de programa (usando camisinha e sem fazer sexo oral nela), ou mesmo com uma mulher casada de passagem por sua cidade.
O homem perfeito quase nunca trai com mulheres solteiras. Elas são causadoras de problemas. Isso remete ao próximo tópico.


ESSE TÓPICO NÃO É PARA AS ESPOSAS. É PARA AS SOLTEIRAS OU AMANTES:
Esqueçam de uma vez por todas esse negócio de homem não gosta de mulher fácil. Homem adora mulher fácil. Se 'der' de prima então, é o máximo. Todo homem sabe que não existe mulher santa.
Se ela está se fazendo de difícil, ele parte pra outra. A demanda é muito maior do que a procura. O mercado tá cheio de mulher gostosa.
O que homem não gosta é de mulher que liga no dia seguinte. Isso não é ser fácil, é ser problemática (mulher problema). Ou, como se diz na gíria, é pepino puro.
O fato de você não ligar para o homem e ele gostar de você não quer dizer que foi por você se fazer de difícil, mas sim por você não representar ameaça para ele.
Ele vai ficar com tanta simpatia por você que você pode até conseguir fisgá-lo e roubá-lo da mulher. Ele vai começar a se envolver sem perceber. Vai começar ELE a te procurar.
Se ele não te procurar era porque ele só queria aquilo mesmo. Parta para outro e deixe esse de stand by. Não vá se vingar, você só piora a situação e não lucra nada com isso. Não se sinta usada, você também fez uso do corpo dele - faz parte do jogo; guarde como um momento bom de sua vida.


90% dos homens não querem nada sério.
Os 10% restantes estão momentaneamente cansados da vida de balada ou estão ficando com má fama por não estarem casados ou enamorados; por isso procuram casamento.
Portanto, são máximas as chances do homem mentir em quase tudo que te fala no primeiro encontro (ele só quer te comer, sempre). Não seja idiota, aproveite o momento, finja que acredita que ele está apaixonado e dê logo pra ele (e corra o risco de fisgá-lo) ou então nem saia com ele.
Fazer doce só agrava a situação, estamos em 2008 e não em 1957.
Esqueça os conselhos da sua avó, os tempos são outros.


Para ser uma boa esposa e para ter um casamento pelo resto da vida faça o seguinte:
Tente achar o homem perfeito do 5º item, dê espaço para ele. Não o sufoque. Ele precisa de um tempo para sua satisfação. Seja uma boa esposa, mantenha-se bonita, magra, sensual, malhe, tenha uma profissão (não seja dona de casa), seja independente e mantenha o clima legal em casa.
Nada de sufocos, de 'conversar sobre a relação', de ficar mexendo no celular dele, de ficar apertando o cerco, etc. Você pode até criar 'muros' para ele, mas crie muros invisíveis e não muito altos.
Se ele perceber ou ficar sem saída, vai se sentir ameaçado e o casamento vai começar a ruir.
A última dica:


Se você está revoltada por este texto, aqui vai um conselho: vá tomar uma água e volte para ler com o espírito desarmado.
Se revoltar quanto ao que está escrito não vai resolver nada em sua vida. Acreditar que o que está aqui é mentira ou exagero pode ser uma boa técnica (iludir-se faz parte da vida, se você é dessas, boa sorte!).
Mas tudo é a pura verdade.
Seu marido/noivo/namorado te ama, tenha certeza, senão não estaria com você, mas trair é como um remédio; um lubrificante para o motor do carro. Isso é científico.
O homem que você deve buscar para ser feliz é o homem perfeito do item 5.
Diferente disso ou é crente/católico convicto, ou viado ou tem algum trauma (e na maioria dos casos vão ser pobres).
O que você procura pode ser impossível de achar, então, procure algo que você possa achar e seja feliz ao invés de passar a vida inteira procurando algo indefectível que você nunca vai encontrar.

Espero ter ajudado em alguma coisa.

Agora, depois de tudo isso dito, cadê a coragem de enviar este texto para meu amor!??

Sorte que ele faz parte daquele 0,1% lá de cima........dos católicos convictos...."

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

A CURA


CURANDO O DESESPERO E A FALTA DE ESPERANÇA

Neste momento de monumental mudança na Terra, os desafios da vida se tornaram mais acelerados, e há um número crescente de pessoas que está experienciando o desespero e uma perda de esperança.

A ativação de mais luz espiritual na Terra criou uma mudança da consciência e das prioridades na consciência coletiva da humanidade, e tem intensificado o processo de purificação individual e global. Este massivo processo de purificação está criando grandes mudanças drásticas para muitas pessoas.

Enquanto este processo está se tornando mais acelerado em todos os níveis, assim estão os desafios e transformações que podemos estar passando. Podemos nos encontrar em situações de desafio e de dificuldade que parecem tão extremas, que não sabemos como as superaremos.

Seja a perda de um amado, uma súbita enfermidade, passar por um desastre natural, uma perda súbita de nossa renda e de nosso estilo de vida, ou outras inúmeras situações dolorosas, há momentos em que a vida se torna tão desafiadora que ficamos oprimidos com emoções de tristeza, raiva e desespero. "Por que isto aconteceu comigo?", nós perguntamos, e pode ser que não possamos sentir qualquer resposta, ou qualquer sentimento de conforto interior no meio de nossa dor.

Em momentos como estes, freqüentemente as nossas emoções são tão intensas que não é possível sentir qualquer coisa positiva. Não é possível imaginar sobreviver até amanhã. Não é possível acreditar que um dia nos sentiremos íntegros novamente.

O que é necessário em momentos assim, é o processo de cura do amor. O amor é o curador que pode restabelecer corações partidos e curar todas as feridas. O amor está disponível em todos os momentos do divino, e também dentro de nós e ao nosso redor. O amor é a verdadeira estrutura da vida fisicamente manifestada na Terra, e embora a maior parte de nós não perceba ainda a presença do amor deste modo, ele está se fortalecendo e está agora mais e mais presente de modos tangíveis na vida diária.

O amor pode vir de muitas formas em nossas vidas, no abraço confortador de um amigo ou de um membro da família, nas preces e até nos melhores votos daqueles com os quais não estamos pessoalmente conectados, ou na presença de Deus que podemos ser capazes de sentir nos momentos de silêncio. O amor também pode ser sentido no afeto de um relacionamento com um animal amado, ou ao estarmos em um ambiente puro e natural onde podemos sentir a majestade e a graça da criação de Deus.

Quando estamos em dor intensa, nem sempre é possível sentir ou responder ao amor imediatamente. Se mais amor vier ao nosso caminho, ele pode provocar um fluxo de nossas emoções mais intensas, levando-nos a chorar copiosamente, ou a nos sentirmos mais zangados, ou mais desesperados. Podemos tentar nos isolar e nos escondermos da dor e daqueles que nos amam para evitarmos sentir a dor.

A cura do desespero e a perda da esperança é um processo, e ele geralmente não acontece de um dia para o outro. O que é necessário para nos sustentar durante estes momentos, é uma fonte de amor que possa estar presente conosco consistentemente através dos altos e baixos das emoções turbulentas que estamos experienciando.

Todos nós somos humanos e imperfeitos, e pode ser que os nossos amigos, membros da família ou conselheiros, nem sempre sejam capazes de manter sempre uma presença consistente de amor para nós durante os momentos difíceis. Todos na Terra estão sendo afetados pela maior intensidade da luz espiritual, e eles estão também em um processo de cura. É útil se pudermos cultivar uma conexão interior com o Espírito que possa nos sustentar através dos momentos agradáveis e desagradáveis.

É sempre uma boa idéia cultivar uma conexão interior com o Espírito, pois a fonte divina de amor, luz e vida, está disponível a nós, em todos os momentos, para proporcionar conforto, apoio e estímulo, não importa o que mais esteja acontecendo em nossas vidas. Quanto mais forte esta conexão com o divino se tornar dentro de nós, mais será possível, mais será possível receber no modo de bênçãos, graça e cura.

Quando estamos nos sentindo oprimidos pela dor, pelo desespero ou pela perda da esperança, pode não nos ser possível nos libertarmos das emoções intensas por nós mesmos. Nesta situação, unirmo-nos a outros pode ser de grande benefício. Seja um grupo de apoio, um relacionamento de cura, ou uma amizade íntima, estarmos dispostos a pedirmos e a recebermos ajuda, ativará e fortalecerá a presença do amor em nosso próprio ser e naqueles que estejam disponíveis e dispostos a ajudar.

Uma das experiências mais potentes do desespero, é o modo como ele parece interminável e intratável. Ele penetra em todos os nossos sentidos e cria um sentimento de desesperança. Por parecer como algo interminável, nós sentimos que não há nenhuma razão para continuarmos. O desespero pode se instalar como uma névoa em nosso corpo, em nossa mente e em nossas emoções. Enquanto estamos nele, parece como se nada mais houvesse.

O que acontece através da presença do amor, é que a luz divina que é uma parte natural do amor, começa a dissolver a névoa do desespero. Isto pode acontecer lentamente ou rapidamente, mas acontece se vocês forem capazes de encontrar dentro de si mesmos a disposição para alcançar o amor.

O amor a tudo cura, e transforma até a dor mais intensa, se o pudemos permitir. É no caminho através do desespero e através do amor, que a esperança retorna e pode ser sentida no coração, na mente e no corpo. Nós nos sentimos mais leves, mais seguros, mais abertos e mais vivos. Podemos sentir a nova chegada a nossa consciência, trazendo bênçãos que nunca poderíamos imaginar: as bênçãos que vêm do amor de Deus.

Canalizadora: Mashubi Rochell


--------------------------------------------------------------------------------

Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

Mashubi Rochell é uma conselheira espiritual e fundadora do WorldBlessings.net, um espaço de reunião espiritual on line para pessoas de todas as crenças.