sábado, 30 de abril de 2011



Angel
Spend all your time waiting/For that second chance/For a break that would make it okay/There's always some reason/To feel not good enough/And it's hard at the end of the day/I need some distraction/Oh beautiful release/Memories seep from my veins/Let me be empty/Oh and weightless and maybe/I'll find some peace tonight/
In the arms of the angel/Fly away from here/From this dark cold hotel room/And the endlessness that you feel/You are pulled from the wreckage/Of your silent reverie/You're in the arms of the angel/Maybe you find some comfort here/
So tired of the straight line/And everywhere you turn/There's vultures and thieves at your back/And the storm keeps on twisting/You keep on building the lies/That you make up for all that you lack/It don't make no difference/Escaping one last time/It's easier to believe in this sweet madness oh/This glorious sadness that brings me to my knees/In the arms of the angel/Fly away from here/From this dark cold hotel room/And the endlessness that you feel/You are pulled from the wreckage/Of your silent reverie/You're in the arms of the angel/Maybe you find some comfort here/You're in the arms of the angel/Maybe you find some comfort here



Anjo
Gaste todo seu tempo esperando/Por aquela segunda chance,/Por uma mudança que resolveria tudo/Sempre há um motivo/Para não se sentir bom o bastante,/E é difícil no fim do dia./Eu preciso de alguma distração./Oh, perfeita liberação/A lembrança vaza de minhas veias.../Deixe-me vazia/E sem peso e talvez/Eu encontrarei alguma paz esta noite./Nos braços de um anjo,/Voe para longe daqui,/Deste escuro e frio quarto de hotel/E da imensidão que você teme./Você é arrancado das ruínas/De seu devaneio silencioso./Você está nos braços de um anjo,/Talvez você encontre algum conforto aqui/Tão cansado de seguir em frente,/E para todo lugar que você se vira/Existem abutres e ladrões nas suas costas,/E a tempestade continua se retorcendo./Você continua construindo a mentira/Que você inventa para tudo que lhe falta/Não faz nenhuma diferença/Escapar uma última vez./É mais fácil acreditar nesta doce loucura, oh/ Esta gloriosa tristeza que me faz ajoelhar./Nos braços de um anjo,/Voe para longe daqui,/Deste escuro e frio quarto de hotel/E da imensidão que você teme./Você é arrancado das ruínas/De seu devaneio silencioso./Você está nos braços de um anjo,/Talvez você encontre algum conforto aqui/Você está nos braços de um anjo./Talvez você encontre algum conforto aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário