segunda-feira, 28 de junho de 2010

MOTIVAÇÃO PARA MALHAR - A ARTE DE SE MOTIVAR :)



Resolvi publicar aqui algumas dicas para nunca mais abandonar as atividades físicas, que fazem bem não só pro corpo, mas pra a cabeça também. Lá vão:


- Primeiro de tudo: escolher uma atividade física prazeirosa e que possa ser mantida. Não adianta se matricular na ginástica se o horário da aula pode ser atropelado pelos seus compromissos, ou começar a fazer musculação se para você, aqueles aparelhos são um saco.

- Faça uma análise: você se sente que será mais fácil acordar mais cedo e praticar um exercício logo pela manhã, ou é muito melhor dormir um pouquinho a mais e deixar para malhar no horário do almoço ou à noite? Encaixe a atividade no seu momento de maior disposição.

- Tente entrar em uma academia. Você pode até se sentir um pouco deslocado nos primeiros dias, mas estar no meio daquele movimento serve como motivação.

- Não ponha a culpa do seu sedentarismo na falta de tempo. A saúde do seu corpo é uma prioridade! Lembre disso e procure acordar uma hora mais cedo, ou esquecer da dobradinha sofá/tv.

- Se tiver condiçõe$$$, contrate um personal trainer. Um profissional dedicado inteiramente a você potencializa os resultados e aumenta seu ânimo.

- Se for mulher,cólicas e menstruação não são cartão vermelho para a ginástica, pelo contrário: o exercício libera endorfinas e reduz o mal-estar causado pelo inchaço e variações hormonais.

- Não vá achando que, duas semanas depois de fazer meia hora de caminhada todo dia, você estará ostentando o físico da Daniela Cicarelli ou do Rambo,se for homem. Mudanças efetivas no corpo podem ser constatadas em cerca de dois ou três meses de atividade regular.

- Por isso mesmo, não se cobre muito e nem fique ansioso por um corpo malhado. Gradualmente, os benefícios da atividade física vão aparecer, não se preocupe! E quando você perceber, vai estar feliz e animado para continuar mantendo uma rotina ativa e saudável.



Sabemos que se sentir motivado a fazer exercícios físicos diariamente é uma tarefa árdua. Mas, fazer apenas aquilo que nos dá vontade e quando a temos é humanamente impossível.



A prática de esporte deve fazer parte da nossa rotina para termos uma vida saudável.

Mais dez dicas para você se sentir motivado a praticar seus exercícios diários.

1. Conhecer os benefícios dos exercícios físicos: nós somos mais motivados a fazer coisas que serão benéficas para nós. Quanto mais nós nos beneficiamos, mais nós ficamos entusiasmados. Por exemplo, se eu dissesse para você que te daria um milhão de dólares para você caminhar 30 minutos amanhã de manhã, você aceitaria? É lógico que você aceitaria! As vantagens do exercício não são tão convincentes como essa, mas elas são de grande estímulo! Você irá se beneficiar tremendamente do exercício consistente. Para muitas pessoas isso é muito motivante!

2. Crie sua lista pessoal de razões: deixe um pedaço de papel e uma caneta próximos de você por alguns dias. Anote CADA motivo que você lembrar para você querer ficar saudável, com um bom preparo físico e perder peso através de exercícios consistentes. Exemplo vida real: eu falei com uma senhora, há alguns meses atrás, que só conseguia encontrar duas razões para perder peso e ficar em forma. Eu pedi a ela que pensasse sobre o assunto por mais alguns dias, e ela trouxe uma lista com mais de 30 razões, dentre elas: ter mais energia para passar um tempo valioso com sua família à noite. Ser capaz de vestir todas as roupas do seu armário. Ser capaz de desfrutar uma vida longa e saudável. Ter tempo com suas crianças, seu marido e seus netos (eventualmente). Não se sentir desconfortável em público. Não ficar sem fôlego ao subir escadas. Ser capaz de fazer coisas "agitadas" com sua família e amigos. Ser capaz de brincar no chão com suas crianças. Ser capaz de vestir roupas bonitas. A lista dela continua, mas você pegou a idéia. Faça uma lista longa, extensa. Isto pode não parecer importante, mas é crítico você poder ler esta lista quando sua motivação para exercitar está diminuindo. É um modo poderoso para se sentir "re-motivado" rapidamente!

3. Se exercite com um amigo. Segundo as estatísticas, pessoas que fazem exercícios com amigos são mais bem sucedidas em se exercitar consistentemente. Você pode deixar cada um responsável. Saber que alguém espera por você para se exercitarem juntos pode ser uma grande motivação para você aparecer e concluir seu exercício!

4. O exercício deve ser a primeira coisa pela manhã, todas as manhãs. Se você está levando a sério essa história de se exercitar, então aja com seriedade sobre o assunto. Nossos corpos foram feitos para serem ativos em uma base diária e quando nós estamos ativos, todos os tipos de coisas maravilhosas acontecem. Nós conseguimos até saúde e boa forma! As pessoas que se exercitam de seis a sete dias na semana, sendo o exercício a primeira coisa que elas fazem pela manhã, são mais bem sucedidas em se exercitar consistentemente, do que aquelas que o fazem dois ou três dias por semana. Não precisa ser um treinamento gigantesco todos os dias. Vá lá fora e ande 30 minutos.

5. Treine para uma caminhada local de 5km ou 10km ou corrida na sua região. Isso pode ser uma grande motivação para o exercício numa base regular. Eu tenho visto muitas pessoas se transformarem de viciados em televisão em magros, quer dizer, máquinas de exercício, porque elas decidiram entrar e treinar para uma competição como esta. Não pense que você não consegue. Você pode fazer isso sim!

6. Dê uma recompensa a si mesmo! Por exemplo, negocie consigo mesma e estipule uma meta mensal. A cada meta conquistada se dê um presente.

7. Anote seus recordes: Anote seu tempo de exercício (em minutos) a cada dia. Anote o total de corrida para o mês e o ano. Calcule sua média de tempo de exercício por dia. Use algum grande objetivo.

8. Faça com que seu exercício seja o mais agradável possível. Por exemplo, se você caminha, você pode querer começar com um bom cassete ou CD player para ouvir música etc. Se você se exercita dentro de casa, você pode ver TV enquanto faz exercício. Por outro lado, você pode justamente preferir paz e tranqüilidade. Faça o que for para tornar o exercício mais agradável para você. Vai ser muito mais provável você se exercitar consistentemente se você gostar disso.

9. Use tênis apropriados para o exercício que você está fazendo. Ferimentos afetam seriamente sua motivação para os exercícios. A maioria das pessoas, especialmente aquelas que caminham e correm, usam seus tênis por muito tempo. Tênis gastos causam maior propensão a ferimentos.

10. Veja os resultados e receba elogios. Isso é realmente motivante! INVISTA NISTO!


( retirado de matéria de revista, não lembro qual agora :P)

Livros que eu quero ler


Como Educar seus Filhos
Uma Nova Postura para a Nova Família

Autor: Ruy do Amaral Pupo Filho

O objetivo deste livro é mostra aos pais que é totalmente possível educar bem um filho. E que isto não é tão difícil como pode parecer. O autor fundamenta seus argumentos baseados numa experiência profissional de quase vinte e cinco anos, convivendo diariamente com as crianças e adolescentes. Ele mostra que educar um filho é um processo e apresenta neste livro alguns "caminhos das pedras" para fazer esta travessia com segurança e sucesso.

Alguns dos assuntos abordados pelo autor são os seguintes:

•Individualidade
•Papel de pai e mãe
•Ame seu filho
•Respeite seu filho - a auto-estima
•Os famosos "limites" - aprenda a dizer não!
•Dê o exemplo
•Valores básicos
•Hábitos saudáveis
•Como educar a criança para dormir bem
•Birra, teimosia e os comportamentos para chamar a atenção
•A punição: castigo ou palmadas?
•Educação para o trânsito
•Educação para segurança em locais públicos
•Educação para a leitura e para as artes
Sobre o autor

Dr. Ruy do Amaral Pupo Filho é médico pediatra, neonatologista e sanitarista, formado pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos e pós-graduado pela Universidade de São Paulo. É professor titular na Universidade Santa Cecília (Santos) e consultor científico do site Guia do Bebê.

Páginas: 216
Cód 8587122681
ISBN 85-871-2268-1


LINK COM MUITOS LIVROS PARA LER:

http://teteraconsultoria.com.br/blog/dominio-publico-centenas-de-livros-online-para-ler-ou-imprimir/

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Benefícios e Malefícios do consumo de café



A maioria das pessoas que toma café diariamente ignora quais são as substâncias que estão presentes no café e pensa que o café contém apenas ou principalmente cafeína.
Grande engano.
O café possui apenas 1 a 2,5 % de cafeína e diversas outras substâncias em maior quantidade. E estas outras substâncias podem até ser mais importantes do que a cafeína para o organismo humano.
O grão de café (café verde) possui além de uma grande variedade de minerais como potássio (K), magnésio (Mg), cálcio (Ca), sódio (Na), ferro (Fe), manganês (Mn), rubídio (Rb), zinco (Zn), Cobre (Cu), estrôncio (Sr), cromo (Cr), vanádio (V), bário (Ba), níquel (Ni), cobalto (Co), chumbo (Pb), molibdênio (Mo), titânio (Ti) e cádmio (Cd); aminoácidos como alanina, arginina, asparagina, cisteína, ácido glutâmico, glicina, histidina, isoleucina, lisina,metionina, fenilalanina, prolina, serina, treonina, tirosina, valina; lipídeos como triglicerídeos e ácidos graxos livres , açúcares como sucrose, glicose, frutose, arabinose, galactose, maltose e polissacarídeos. Adicionalmente o café também possui uma vitamina do complexo B, a niacina (vitamina B3 , PP ou “Pelagra Preventing” do inglês) e, em maior quantidade que todos os demais componentes, os ácidos clorogênicos, na proporção de 7 a 10%, isto é, 3 a 5 vezes mais que a cafeína.

Maravilha hein, só coisa boa =D

Benefícios
A cafeína é estimulante do sistema nervoso central e da circulação cerebral, transmitindo uma sensação de energia ao indivíduo. Esta substância aumenta o estado de alerta mental e a capacidade de concentração. É, contudo, falsa a idéia que o café combata os excessos do álcool. A cafeína é utilizada com alguma freqüência em produtos farmacêuticos, nomeadamente em composições para inibir cefaléia e constipações.
Outra pesquisa mostrou que a cafeína aumenta a secreção gástrica ácida.
Estudos demonstram que a redução da cafeína no período que precede a menstruação diminui os sintomas da TPM (tensão pré-menstrual).
A maioria das pessoas que consomem café diariamente desconhece as substâncias saudáveis e os seus efeitos terapêuticos:

- O consumo moderado de café (de três a quatro xícaras por dia) exerce efeito de prevenção de problemas tão diversos como o mal de Parkinson, a depressão, o diabetes, os cálculos biliares, o câncer de cólon e o consumo de drogas como o álcool. Além disso melhora a atenção e, conseqüentemente, o desempenho escolar.
- O café contém vitamina B, lipídios, aminoácidos, açúcares e uma grande variedade de minerais, como potássio e cálcio, além da cafeína.
- O café tem propriedades antioxidantes, combatendo os radicais livres e melhorando o desempenho na prática de esportes.
- Doenças como infarto, malformação fetal, câncer de mama, aborto, úlcera gástrica ou qualquer outro tipo de câncer não estão associadas ao consumo moderado de cafeína.
- Melhora a taxa de oxigenação do sangue.
- O consumo moderado de café não interfere na absorção do cálcio e não causa osteoporose.
- Ao contrário do que se pensava, o consumo moderado de café pode fazer bem ao coração.

Deu até vontade de tomar um copinho de café =D

Mas nem tudo é tão bom, vamos agora à coisa ruim!

Malefícios
O excesso de café pode, em alguns indivíduos, provocar palpitações, mãos trêmulas, ansiedade e incapacidade para dormir. As opiniões médicas dividem-se em relação às conseqüências no consumo excessivo do café, variando muito de individuo, para individuo, o limite onde o café deixa de ser um prazer para passar a causar alguns transtornos. A acidez da bebida pode, eventualmente, em indivíduos com problemas gástricos provocar alguns problemas. O café descafeinado não retira a acidez à bebida.

A cafeína pode interferir no sono profundo. A tendência é, no dia seguinte, acordar cansado, tomar mais café para se manter alerta e, à noite, dormir mal novamente, criando-se um círculo vicioso, tome o seu cafezinho, mas sem exageros. O exagero faz com que se perca a percepção do prazer que essa bebida proporciona. Tente limitar o consumo diário a quatro xícaras pequenas e faça do momento de tomar café um ritual para um momento de descanso, leitura do jornal, com os amigos. Desfrute verdadeiramente desse prazer que já faz parte da cultura do brasileiro!

A cafeína é um estimulante e, como tal, funciona como vasoconstritor. Consumida em excesso, causa a contração das veias e artérias, dificultando a circulação sanguínea. Além disso, acelera os batimentos cardíacos. Em pessoas não habituadas ao uso de cafeína que ingeriram 750 mg de cafeína por dia (mais de dez xícaras), constatou-se uma elevação da pressão.
Os grãos de café contêm substâncias chamadas cafestol e kahweol, que aumentam o colesterol sanguíneo. Uma pesquisa correlacionou a dor de cabeça nos fins de semana com o hábito do brasileiro de tomar grandes quantidades de café durante o expediente. Os pacientes reduziam drasticamente o consumo nos fins de semana e um dos sintomas de abstinência era a dor de cabeça.

Nas mulheres, a cafeína em excesso é capaz de atravessar a placenta e entrar na circulação fetal. Há riscos de aborto, nascimento de bebês pequenos e de parto prematuro, mesmo se ingeridas pequenas doses.

Entre os malefícios causados pelo consumo excessivo de café podemos listar:

- Ação diurética compulsivo causadora de perda de minerais e oligoelementos, aminoácidos e vitaminas essenciais.
- Causa enfraquecimento do organismo através da perda de sódio, potássio, cálcio, zinco, magnésio, vitaminas A e C, bem como do complexo B.
- Possui relação direta com a doença fibroquística (eventualmente percursora do “cancer da mama”).
- Pode causar o aparecimento de polipos (primeiro estágio do cancer no aparelho digestivo), verrugas, psoríases e outras afecções dermatológicas.
- Reduz a taxa de oxigenação dos neurônios.
- Provoca uma maior secreção de ácido clorídico, causando irritações nas mucosas intestinais que causam colites e ulcerações, principalmente para quem sofre de gastrite.
- Sua ação é acidificante do sangue, propiciando o surgimento de leucorreias, cistites, colibaciloses e variados acessos fúngicos.

Pessoal, não é somente com o café, na verdade tudo que é consumido com exagero faz mal à saúde.

Fontes: Wikipédia / Abic